Look at the time...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

ASUS Eeepc 1000h Black Edition

Faz hoje uma semana que fomos buscar o dito netbook à Globaldata. A R. mal podia esperar por desempacotar o seu mini-pc e começar a usá-lo. Logo depois de jantar fomos abrir a caixa e explorá-lo.

Logo à partida, tem-se a noção de que se vai encher de dedadas, pois o material de que é feito é muito propício a esses acontecimentos.

Das primeiras coisas que se nota é que o start-up é rapidíssimo, já traz o Microsoft Windows XP Home, Intervideo WinDVD (não sei para quê, uma vez que não tem leitor), Skype e o Sun StarOffice Suite. A resolução é que podia ser um bocadinho melhor, mas também… em 10’’ era complicado. O teclado pode parecer pequeno mas é perfeitamente adaptado. As restantes especificações, como bluetooth, wireless, etc… já falei aqui, por isso não me vou alongar mais.

A configuração da rede wireless, é igual a qualquer outro, e portanto rapidamente estava ligado à rede lá de casa. O disco de 160GB, já vem repartido por duas partições (passo a redundância), o que é óptimo. Significa menos trabalho pois já não preciso de o reinstalar para ficar perfeito.

Como a R. não se dá muito bem com aquele suite de office, acabei por instalar uma versão demo do Microsoft Office 2007, mas estava com receio que ele não se aguentasse à bomboca, mas pelos vistos, portou-se bem.

Uma coisa importante, a duração da bateria é excelente. Ainda ontem estava a 50% e ainda indicava que ira durar mais de 3,5 horas.

Optámos por comprar um mouse da Logitech (V100) pois o trackpad não é para nós, aliás, quem é que usa aquilo? O rato é bastante porreirinho e até estou a pensar comprar um para o meu portátil.

Enfim, a R. está muito satisfeita com a aquisição e tem usado tanto no trabalho como em casa.

Ah, outra coisa porreira é que traz um acesso ao EeeStorage com 10GB’s. Trata-se de um repositório online, criado exclusivamente para quem tem um EeePC.

Até agora o único senão é trazer um dvd de recuperação quando não tem leitor de dvd! Podiam ter optado por outro formato, tipo um cartão ou uma pen.

Se quiserem ler outra opinião (muito mais bem formada), cliquem.

Já agora, ficou pela quantia de 358€, ao invés dos 414€ que tinha anunciado em Setembro.

- BL

Criar um form php em segundos

Apesar do meu blog não andar muito virado para a área da programação, a verdade é que a minha profissão está extremamente ligada a isso, e este post tanto serve para quem sabe do assunto como para o comum do mortais (como eu).

Na verdade, serve também para eu guardar este link, não vá acabar por precisar dele e deixá-lo esquecido por algum lado.

Basicamente, tal como o nome do post indica, serve para criarmos um form php, com todo o tipo de campos incluídos. Dá para escolher o design do form, como cores, font do texto, etc. É claro que não dá para fazer um grande "prozada”, mas já fica com um excelente aspecto. No final podem fazer o download do form e depois quem quiser, pode sempre editar os ficheiros php e modificá-lo à sua vontade.

Parece-me bem, e a vocês? Passem por lá e digam de vossa justiça.

- BL

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Ironman

Tal como prometido, venho aqui deixar a minha crítica ao filme Ironman.

Sempre gostei de filmes de heróis da banda desenhada, mas devo confessar que nunca tinha lido nada acerca desta personagem, portanto não posso fazer juízos de valor acerca da encarnação da mesma, ou até mesmo dos próprios vilões. O que importa é que eu gostei do filme. É claro que tem os seus abusos, mas afinal, trata-se de um filme de banda desenhada, portanto não se pode apontar o dedo nesse aspecto. Acho que o Robert Downey Junior faz um excelente papel, fazendo jus à personagem. Tony Stark é um multimilionário dos EUA que é dono duma empresa de fabrico de armas. Numa demonstração do seu último projecto no Afeganistão, acaba envolvido numa emboscada e é apanhado por terroristas que após o reconhecerem obrigam-no a construir uma plataforma de mísseis. Ao invés disso, Stark resolve construir uma armadura extremamente resistente, que dispara mísseis, voa e outras coisas que tais. É graças a ela que Stark consegue fugir. Com problemas de consciência após ter percebido que as armas que produz são as mesmas usadas pelos terroristas que os aprisionaram, acaba por decidir por termo à produção de armas. Acaba por desenvolver e construir uma armadura mais detalhada que finalmente dará corpo a Ironman. É claro que a sua decisão acata inimigos e é com a luta com um deles que decorre a segunda parte do filme.

7,5/10
"Is it better to be feared or to be respected? And I say, is it too much to ask for both?"
- BL

Amazon.co.uk – 5 estrelas

Venho aqui relatar-vos uma coisa que me aconteceu com uma das encomendas que fiz da Amazon.co.uk. Tratava-se de uma encomenda de um conjunto de dvd’s e de um livro do Stephen King. Comecei a achar estranho a encomenda nunca mais chegar, mas após o Natal, tinha-a em cima da minha secretária embrulhada num plástico dos CTT. Uma vez que as outras não vieram assim, fiquei de pé atrás e quando finalmente cheguei a casa descobri que tinha razão, pois a encomenda tinha sido violada. Dvd’s nem vê-los, mas o livro estava lá,apesar de estar mal tratado. (Neste país, quem é que rouba livros?)

Nessa noite, enviei um mail para a Amazon a contar o sucedido e a perguntar o que podia ser feito. 45mins depois, respondem-me a pedir imensa desculpa pelo sucedido, de que eles são responsáveis para que a encomenda chegue em condições e questionavam-me sobre o que eu queria que eles fizessem, se queria que eles me devolvessem o dinheiro ou se preferia que eles voltassem a enviar a encomenda sem qualquer encargo.

Optei pela segunda hipótese e escrevi um mail a dar-lhes os parabéns pelo excelente serviço ao consumidor.

No passado dia 15 de Janeiro, recebo uma carta dos CTT – Monitorização de tráfego internacional, a pedir para entrar em contacto com eles, a respeito duma encomenda vinda da Grã-Bretanha. Fiquei logo a pensar que o pessoal da Amazon.co.uk tinham-lhes pedido satisfações e agora vinham eles falar comigo, mas… afinal não era nada disso. Era apenas para dizer que tinham encontrado os dvd’s que faziam parte da minha encomenda e que me iam enviar para casa.

Bonito… senti-me mal, porque a Amazon.co.uk havia sido impecável e acabei por lhes enviar este e-mail:

Hello, good evening.
In the 29th of December, I’ve sent you a complaint about an order where an item was missing ("Rocky: The Complete Saga (6 Disc Box Set) [1976]") and another one ("Just After Sunset by Stephen King") was pretty damaged. You have answered my e-mail telling me that you could send me the items once again, at no cost. I've received everything in perfect conditions, and I would like to thank you for that.
The reason that plunges me to write you this e-mail is this: I have received a letter from Portugal's Post Office (CTT - Correios de Portugal) asking me to get in contact with them, with the subject that it had something to do about an order from Great Britain.
I've talked with them and it seems that they had found an invoice that was glued with some dvd's, and they had my name and address.
They didn't give any more details, only that they were going to deliver that item to my address, today. I have received it, and although the box has some minor scratches, I would like to know if you want me to send it to you. I don't know the reason of this sudden appearance, after all it has passed more than two weeks since my complain. I don't know if you had some conversation with CTT post office that could result in this thing to happen.
Thank you very much for all your work, I apologize for any harm that I had done but I never had any bad intention towards you. Still, all that I said was true, the package did arrive at my address and it was ripped open, the book was damaged and the other item was missing, so I could never let this event pass.
I feel awful for what happened I would like to know how can i redeem this event.
Kind regards,
XXXXXXXXXX

E o que é que eles respondem a isto? Bom… isto:

Dear Customer
Thank you for contacting Amazon.co.uk and for bringing this to our attention.
Firstly, please allow me to apologise for the inconvenience you have experienced with this order #xxx-xxxxxxx-xxxxxxx.
In addition to a wide selection of items, one of our aims at Amazon.co.uk is to provide a convenient and efficient service; in this case, we have not met that standard. Please accept our sincere apologies.
I request you to keep the items with our compliments, as the cost of return of the package is prohibitively expensive in this case. Perhaps you would like to donate it to a charity in your area if you feel it would be appropriate to do so.
We apologise for any inconvenience this has caused you. Thank you for shopping at Amazon.co.uk.

E eu ainda fico mais parvo com o tipo de serviço que esta loja oferece aos seus clientes. Agora ando à procura de quem queira ficar com Rocky: The Complete Saga e com o livro Just After Sunset do Stephen King, que até tem trailer.

- BL

Doença de Kawasaki

Tenho andado um pouco afastado desta minha actividade de bloguista, pois ultimamente tenho andado um pouco preocupado com o meu filhote.

Isto porque da última vez que fomos ao pediatra, após termos comentado tudo o que se passou aquando do vírus que ele apanhou da Quinta Doença, ele achou que afinal podia não ter sido esse vírus, mas sim a doença de Kawasaki. Ora, para quem não sabe (e eu sei muito pouco) esta doença trata-se de uma inflamação de vários órgãos, sendo o mais visado o coração. Inflama as artérias coronárias e se não for tratada a tempo pode originar ataques cardíacos e aneurismas. Claro que nós ficámos e ainda estamos preocupados, como é óbvio. Foi-nos indicado fazer uma ecocardiografia e se tudo estivesse bem, podíamos ficar descansados.

Na passada quinta-feira, lá fomos fazer a dita eco. A médica não nos disse o que a doença poderia causar, pois não nos queria preocupar sem se efectuar o exame. O D. não estava muito para aí virado, mas a médica lá arranjou maneira de ele ficar sossegado durante todo o exame, com isto:

Durante todo o processo, ela foi-nos informando de tudo, e no final disse-nos que por ela, ele já não voltava lá, mas que tudo dependia do pediatra.

Após a minha esposa ter contactado o pediatra ele disse-nos que isso era óptimo, mas que para despistar seria necessário o D. fazer análises ao sangue. Sábado às 7:20 lá estávamos no laboratório, e ele portou-se lindamente. É claro que chorou, não é coisa que agrade a ninguém, mas esteve sempre ao meu colo, não esperneou deixou que lhe tirassem o sangue, mas depois precisou dos mimos da Mãe e do Pai, pois claro. Ainda recebeu um diploma de Bravura por sido bem comportado.

Como prémio desse bom comportamento, acabámos por lhe comprar um brinquedo. Desde que foi comigo à biblioteca de Oeiras que anda apaixonado por este tipo de jogo, portanto não foi tarde nem foi cedo!

Voltámos ao laboratório para ir buscar os resultados de uma parte das análises para depois comunicar ao médico. Disse-me que o único valor elevado era o da velocidade de sedimentação, mas podia ser normal uma vez que ele anda constipado. Mesmo assim, voltou a pedir-nos a realização de uma nova ecocardiografia daqui a 6 meses, para ficarmos definitivamente descansados.

É claro que descansados… é coisa que não estamos. Esperamos como é óbvio que tudo não passe dum despiste e que esteja tudo bem com o nosso filhote.

- BL

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Obaminiza-te!


Aqui.

- BL

A instalar o Windows 7

É verdade, como sou curioso, acabei por criar uma máquina virtual no Ubuntu, saquei a versão beta do windows 7 e pus-me a instalá-la.

Para começar, tive alguma dificuldade para meter o vmware a instalar a máquina a partir de uma ISO, mas acabei por descobrir como se faz. Basta agarrar na ISO e copiá-la para debaixo de um datastore que tenham associado ao vmware. A seguir, fazem refresh a esse datastore, já dentro do vmware e quando forem criar uma nova máquina, escolhem instalar a partir de ISO e no browse, essa pasta vai aparecer no datastore que indicaram.

Ok, power up à máquina e começa a descoberta. Primeiro écran, um logotipo de windows todo photoshopizado, e no segundo escolhem-se as regional settings. No terceiro écran aparece uma imagem que me faz torcer o nariz quanto ao futuro deste windows.

Parece que o windows continua underwater e ainda não viu a luz!

Bom, agora está para ali a copiar dados e etc.

A finalizar a instalação.

(15mins depois) Ok, agora é escolher username e computername, passwords e coiso e tal. Escrever a chave que me deram e … voilá, aí está o windows 7 up and running.

Curioso, a imagem default do desktop tem um peixe beta… get it?

Bom, daqui a pouco vou experimentar mais qualquer coisinha.

Até!

(Update) - Primeiro problema, não consegue detectar a placa de rede. Ok, agora já consegue mas não reconhece nenhum driver. Vou tentar arranjar um driver noutro sítio e vou meter numa pen para poder instalar.

(Update 2) - Impressionante... 15mins e já crashei aquilo! Ao instalar o driver... rebentei com tudo. Correu uma ferramenta de auto-correcção mas não conseguiu recuperar do dano.

(Update 3) Ao fim de 30mins sem sucesso... desisto!

Se quiserem, podem seguir estes links para terem mais ideias sobre este novo SO, quanto a mim... tá muito perto de ficar por aqui!

Screenshots

Review

- BL

domingo, 18 de janeiro de 2009

O Chato - IV (zee last one)

Vai mas é trabalhar –> Linguagem gestual pt1 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Linguagem gestual pt2 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Linguagem gestual pt1 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> O chato na igreja pt1 (Dezembro 2008)

Vai mas é trabalhar –> O chato na igreja pt2 (Dezembro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Pai Natal pt1 (Dezembro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Pai Natal pt2 (Dezembro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Pai Natal pt3 (Dezembro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Natal dos hospitais (Dezembro 2008)

- BL

O Chato - III

Vai mas é trabalhar –> Telespectador (Setembro 2008)


Vai mas é trabalhar –> Zé Pedro pt1 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> Zé Pedro pt2 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> O Morto pt1 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> O Morto pt2 (Outubro 2008)

Vai mas é trabalhar –> O Morto pt3 (Outubro 2008)



- BL

O Chato - II

Vai mas é trabalhar –> Pacman pt1 (Junho 2008)

Vai mas é trabalhar –> Pacman pt2

Vai mas é trabalhar –> O bébé pt1 (Julho 2008)

Vai mas é trabalhar –> O bébé pt2 (Julho 2008)

Vai mas é trabalhar –> O bébé pt3 (Julho 2008)



- BL

O Chato (videos)

Tal como havia prometido, vou colocar três (oops... afinal são 4) posts de seguida com todos os videos , que encontrei no youtube, desta personagem tão característica dos Contemporâneos.

Alguns são da primeira série, onde alguns dos alvos tratavam-se de pessoas conhecidas, tais como o Zé Pedro (Xutos & Pontapés) e do Pacman (Da Weasel).

Ah… um conselho, não vejam todos de seguida. Vão vendo… eu não vou a lado nenhum, e duvido que isto seja removido do youtube, uma vez que está associado ao channel da rtp

Vai mas é trabalhar –> A velhinha (Maio 2008)

Vai mas é trabalhar –> ? (Maio 2008)

Vai mas é trabalhar –> Vanessa Fernandes pt1 (Maio 2008)

Vai mas é trabalhar –> Vanessa Fernandes pt2 (Maio 2008)

Vai mas é trabalhar –> Vanessa Fernandes pt3 (Maio 2008)

Vai mas é trabalhar –> Vanessa Fernandes pt4 (Maio 2008)

Vai mas é trabalhar –> Anão pt1 (Junho 2008)

Vai mas é trabalhar –> Anão pt2 (Junho 2008)

Vai mas é trabalhar –> Anão pt3 (Junho 2008)

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Transparência na Administração Pública

Na passada terça-feira a ANSOL (Associação Nacional para o Software Livre) colocou online um site que agarra no base.gov.pt e que deixa à mostra (ao nosso critério de pesquisa) toda as despesas efectuadas pela administração pública.

Depois de efectuar algumas pesquisas deparei-me com algumas pérolas de como gastar dinheiro público em tão admiráveis situações, tais como a compra de uma fotocopiadora por 7.000€, um router por 34.959€, uma viagem para uma pessoa de Faro/Zagreb com estadia de 3 dias, pela módica quantia de 33.745€, um receptor de GPS no valor de 10.910€, a renovação de licenciamento da Microsoft no valor de 14.360.063€ (que curiosamente passou há pouco tempo para 143.600.63€), etc, etc…

É um perfeito NOJO, mas na verdade não é nada que não estivéssemos à espera, a não ser que ainda existam por aí algumas almas ingénuas que pensem o contrário.

No dia em que o Público fala nisto, o site está em baixo… provavelmente devido à quantidade de acessos que deverá estar a sofrer.

Já agora, o site também mostra o custo da realização do mesmo, assim como a expertise e as horas gastas por quem o implementou, só para depois terem um método de comparação. 18€! Parabéns à ANSOL!

- BL

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

T-shirts da DBH chegaram hoje

Espectáculo, nunca pensei que fosse tão rápido! A encomenda foi feita a 4 de Janeiro, foi enviada no dia seguinte e chegou cá ontem. Depois da DBH me ter avisado que poderia demorar entre 3 a 5 semanas, fiquei surpreendido quando hoje fui buscar a encomenda aos Correios.

E o melhor de tudo é que nem ficou retida na alfândega.

- BL

Plane crashes in Hudson

Já toda a gente soube desta notícia, mas o que é curioso é o facto das primeiras fotos terem aparecido por estes lados.

dica da jonasnuts

- BL

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

The best job in the World

Será? Não sei não, vejamos:

- É longe (um cadito só): Austrália
- Viver numa ilha inabitada (ilha Hamilton)
- Temperatura: não baixa dos 25ºc e a da água vai pelo mesmo caminho
- Tem muita bicharada (ainda por cima tartarugas e o caneco...)
- Tem que se escrever um blog acerca da grande barreira de coral
- Viver (gratuitamente) numa casa de praia com apenas 3 quartos
- Ter sempre a mesma vista... (Mar)



Ah... e parece que se ganha um ordenadozeco que dá o total de 78,5 mil eurecos... nah, acho que não é pra mim.

- BL

PS - Como é que é possível que num espaço de 24 horas tenham aparecido mais de 200mil candidaturas? ... é caso para pensar...

PPS - Ah, caso estejam interessados, é ir aqui.

Três pontos para Policarpo

Até me admira este assunto não ter aquecido a nossa blogoesfera... mas enfim, se calhar é mesmo porque hoje em dia já nem sequer se comenta as afirmações que partem da igreja católica. "São outros tempos" (tal como diz Henrique Medina Carreia do post anterior).

Casar com muçulmanos pode ser um «monte de sarilhos», diz Dom José Policarpo


Dom José Policarpo advertiu as jovens portuguesas que casar com muçulmanos pode causar uma carga de sarilhos. O Cardeal Patriarca de Lisboa diz que «nem Ala sabe onde acabam os problemas».

in TSF
As afirmações deste senhor valem o que valem, mas ele não se pode esquecer que o cargo que ocupa acarreta muito mais responsabilidade do que estas postas de pescada que de vez em quando manda cá pra fora. Agora venham os restantes líderes religiosos inflamar ainda mais as parcas relações que existem entre todos eles e suas religiões, mas já sabemos que como se trata da "nossa" igreja católica, tudo passa, tudo se conforma... umas palmadinhas aqui e acoli e tá feito, siga!

- BL

“Isto é uma fantochada”


Medina Carreia comenta a situação do país, a propósito do Magalhães (Nós Por Cá)

in SicOnline


Só não assino por baixo porque não consigo descortinar quais são os 3,4 políticos sérios que existem no nosso Portugal.

- BL

Imagem do dia


Acho que é a primeira chapa em que vejo José Mourinho a sorrir.

- BL

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Tenho andado ausente do blog porque tirei uns diazinhos de férias para descansar. Ultimamente, andava um pouco em baixo por causa dumas recaídas de constipações/gripes e sentia o corpo a dar de si. Além disso, as enxaquecas voltaram e apesar de não andar a fazer nada de especial, hoje tive novamente outro episódio com as minhas amigas e tive que tomar uma bomba para acalmá-las... (o que é que querem, elas não me largam!)

Agora sinto-me um pouco melhor, apesar de não ter dormido muito... por isso, off to bed! ;)

- BL

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Há 3 anos, foi assim…

Eram quase 2 da manhã quando a tua Mãe me acordou e me disse que tinha a impressão que as águas se tinham rebentado. Com calma, arranjámo-nos, peguei na mala que ela tinha arranjado e lentamente fomos para o carro. O carro ainda era o antigo Alfa Romeo 145 Junior (o melhor carro que me passou pelas mãos) e ainda bem que era esse porque deu para a tua Mãe ir confortavelmente deitada por cima de umas toalhas para não molhar o assento. (a tua Mãe é assim, pensa sempre nestes pormenores)

Pelo caminho, ligámos às tuas Avós para avisá-las que íamos a caminho do Hospital. Acredito que tanto uma como outra devem ter tido dificuldade em continuar a dormir.

Chegámos às urgências por volta das 3 da manhã. Dirigimo-nos ao guichet e dada a condição da tua Mãe, fomos rapidamente atendidos. Julgo que foi uma enfermeira que nos atendeu, e foi ela que observou em que condições estava a tua “casita”. Deu umas toalhas e uma bata verde à tua Mãe e disse para ela ir tomar um duche quentinho, que relaxasse e depois que iríamos subir para uma sala de parto.

Subimos de elevador, e pela primeira vez separámo-nos ao chegar às portas que davam acesso às salas de parto. Eu fui por um outro corredor onde existiam uns cacifos onde eu podia guardar os meus pertences, e onde teria que vestir uma bata verde e calçar uns protectores de plástico. Agarrei nos chocolates que trouxe e guardei-os logo na prateleira do cacifo, não me fosse dar fome, pois fui avisado pela fisioterapeuta que nos acompanhou que a maior parte dos desmaios por parte dos Pais que assistem ao parto deve-se a estarem de estômago vazio.

Entrei no quarto e já te estava a ouvir ligado a um monitor de batimentos cardíacos. É impressionante o que senti nessa altura e ainda agora sinto enquanto escrevo estas palavras. A tua Mãe já estava deitada numa cama enorme, pronta para dar à luz. A mesma enfermeira apareceu no quarto e disse que a dilatação estava muito lenta e portanto, o melhor seria descansarmos e tentarmos passar a noite e de manhã logo se veria como estava a situação.

Digamos que foi… a pior noite que passei, mas não foi pelo nervosismo ou coisa que o valha, mas sim pela falta de conforto que senti. Isto porque me deram uma cadeira (tipo aquelas antiguinhas da escola) para dormir. Não consegui tal feito, tal era o desconforto. A enfermeira ainda lá voltou com um cadeirão melhorzito, mas dormir foi algo que não aconteceu comigo. Estava ainda encarregado de dar umas borrifadelas à tua Mãe para que ela não sentisse tanto calor, por isso, acho que nunca iria pregar olho de qualquer maneira.

De manhãzinha, aparece no quarto a tua Tia A. que me mandou logo ir tomar o pequeno-almoço. Lá nos separámos mais uma vez, indo eu ao bar comer um belo do croissant com fiambre acompanhado dum galão, acabando num pastel de nata com café.

Eram quase 10 horas quando voltei ao quarto e já estava outro médico com a tua Tia, e ela disse-me que tinha muita pena mas que eu não iria poder assistir ao parto porque iria ser necessária uma cesariana.

Fiquei mais um pouquinho convosco, enquanto o pessoal médico ia preparando a sala. Saí do quarto eram quase 10:30 e fui para a sala de espera.

Foi a maior espera da minha vida. A ansiedade aumentava a cada minuto apesar de não me sentir muito nervoso, estava constantemente a olhar para o relógio e a pensar em vocês. Estaria tudo a correr bem? Não é suposto a operação ser rápida? Porque é que ninguém me diz nada?

Eram 11:50 quando, vinda das portas das salas de parto, uma voz chamou pelo meu nome. Levantei-me e quando me aproximei da enfermeira, ela disse-me: “Venha ver o seu filho.”

Foi (e é) a cena mais bonita que guardo na minha memória. Ao ver-te, tudo me pareceu parado no tempo, e a única coisa que disse para mim mesmo foi “és tão bonito… filho”. Só queria saber da tua Mãe, se estava bem, se tinha corrido tudo bem, ao que me responderam que sim.

Ainda estavas todo sujinho, e as enfermeiras quiseram levar-te para te limpar e tratar. Despedi-me de ti com um “Até logo, filho” e perguntei quando poderia ver a tua Mãe. Disseram-me que ela iria para o recobro e que só dali a uma hora é que a podia visitar.

Saí e aí sim… todo os nervos que tinha aguentado até então, surgiram-me de repente e quanto peguei no telemóvel para falar com a tua avó G. mal conseguia falar, atropelava as palavras todas e não se percebia nada. A única coisa que me sáia era: “Ele é lindo, Mãe.” e “Está tudo bem, e correu tudo bem.”. O mesmo disse à tua outra avó, e ambas já se estavam a preparar para virem ver-te.

Foi assim há 3 anos. Parabéns, meu filho!

-BL

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Al Franken vs. Ann Coulter

Não conheço as pessoas em questão, por isso não vou fazer juízo de valores… mas achei deliciosa a resposta que o senador Al Franken deu a Ann Coulter, que me pareceu extremamente pretenciosa.

retirado de boingboing

- BL

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Cyber Snipa Stinger Mouse

Já há uns tempos que andava para trocar de mouse. O que andava a usar era um que tinha comprado no lidl (wireless e com bateria recarregável pois não estava para andar a gastar dinheiro em pilhas). O problema é que em certas ocasiões notava que ele não correspondia ao meu “comando” e portanto comecei a pesquisar sobre que mouse seria viável tendo em conta a relação preço/qualidade. Após algumas investigações, a escolha tinha caído num Logitech G5 Laser com 2000 dpi’s mas na altura estava um pouco caro e achei melhor esperar por uma baixa de preços.

No outro dia, estava a navegar à procura de promoções e deparei-me com este mouse. full_stinger_07 Estive a ver o video que está nessa página e fiquei admirado. Apesar de não primar pela sua beleza, acabei por comprá-lo (a titúlo de teste) e assim que o experimentei fiquei rendido às evidências. Este já oferece até um máximo de 3200 dpi’s, edição de macros (porreiro para quem joga) e também trás um kit de pesos para estabilizar o mouse à nossa medida.

The Cyber Snipa Stinger takes the final step in the evolution of gaming mice.

The Stinger is the master of macro; possessing onboard memory, macros can be recorded and set to any of the 6 customizable buttons of a macro profile. With 3 separate profiles, the Stinger gives the possibility of a staggering 18 onboard macros at any one time!

The Stinger also features fully adjustable dpi. The software allows the user to select 4 different dpi levels, ranging anywhere from 400 to 3200 dpi, which can be cycled through by pressing the mouse's dpi button.

The gaming grade laser engine operates at over 7000 frames per second, offers a maximum of 3200 dpi and features a super fast USB report rate of 1000Hz, meaning the response time drops from the standard 8ms to 1ms!

The top of the line laser engine and the armory of features means this is a mouse like no other.

in http://www.cybersnipa.com

Estou muito satisfeito com a sua prestação e por isso, acho que vou  mesmo ficar com ele.

 

- BL

domingo, 4 de janeiro de 2009

Parabéns a ...

MIM! :)

- BL

sábado, 3 de janeiro de 2009

DBH - After Holiday Sale

dbh-AfterHolidaySale

Falta apenas um dia, mas podem sempre aproveitar mais uma promoção da Design By Humans. Se encomendarem t-shirts que perfaçam o total de $70, os portes de envio serão grátis!

Aproveitem, é só até amanhã! (Eu já aproveitei... :))

- BL

Um susto

Ontem apanhámos um susto devido à R. ter acordado com dores abdominais. Apesar de lhe ter dito para não ir trabalhar, ela teimou e foi. Quando lhe telefonei a meio da manhã, disse-me que não estava a 100%, mas que andava a tentar não se esforçar muito com medo que aconteça alguma coisa. Disse-me também que andava sempre com muita vontade de ir à casa-de-banho, e de cada vez que lá ia, ficava sempre com a sensação que algo não estava bem.

Ora... se a dúvida persiste, vai-se ao médico e então lá fomos, após ter falado com a nossa médica de familia que também nos aconselhou a lá ir, pois podia dar-se o caso de ser apenas uma infecção urinária e que convinha resolver já com um anti-biótico do que andar a adiar e depois ser pior.

Chegámos eram 19:30 e não estavam muitas pessoas nas urgências, aliás, estavam apenas duas. Pouco depois foi atendida e mediram-lhe a tensão, ouviram o coraçãozito do filhote (que se andava a esquivar da enfermeira e até lhe chegou a dar um pontapé!) e depois a médica mandou-a fazer análises à urina e que depois aguardasse o resultado. Lá fomos até ao laboratório, e soubémos que demorava 45mins a ter o resultado. Uma vez que já eram 20:00, a R. aproveitou para ir jantar. Como não tinha fome, fiquei apenas a fazer companhia. O problema foi que quando chegámos às urgências estava um mar de gente e os casos de maior urgência, naturalmente, passaram-nos à frente. A R. só foi chamada às 22:40, só para a médica lhe dizer que estava tudo bem e que podia ir para casa descansada. Acabámos por sair às 22:45 e eu só jantei perto da meia-noite... mas o que interessa é que está tudo bem com ela e com o bébé.

- BL

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Passagem de ano

Já vos tinha dito, mas para mim a passagem de ano não me causa grande alarido. Ontem foi mais uma prova dada... acabei por nem sequer reparar que já estávamos em cima da meia-noite. Quando mudámos para a tv, estávamos a 10 segundos de distância de 2009, portanto, foi engolir as passas de uma só vez e desejar tudo ao mesmo tempo! Se bem que já é um saber de ante-mão que as coisas não serão assim tão fáceis a não ser que trabalhemos para as atingir, e cheira-me que este ano vamos ter que dar o lombo ao manifesto.

Quanto a 2008, que balanço posso fazer? Bom, em termos de afirmação profissional, creio que foi concretizada. Apesar de alguns set-backs, acho que hoje em dia sou visto de maneira diferente. Em relação à nossa situação financeira, também acho que conseguimos alcançá-la. Em termos de saúde, a R. sofreu um aborto em Maio, foi uma situação complicada, mas que felizmente ultrapassámos. Eu apanhei uma virose em Julho e o D. além das constipações da época, ainda apanhou a Quinta Doença.

Em termos familiares, acho que mudei um pouco o meu comportamento aqui por casa. Deixei de ser tão condescendente como era aqui há uns tempos, tudo devido ao meu nível de paciência ter baixado drasticamente. Todavia, acho que a relação entre nós está de pedra e cal, e agora só pensamos é no próximo rebento que aí vem para nos atazanar a cabeça! :)

Vimos um amigo partir, o T. que faleceu em Novembro. Um abraço!

Foi também um ano de ver muitos amigos tentarem a sorte lá fora, o meu irmão e o H. são dois exemplos. Outros virão concerteza, já que a vida no nosso país não está fácil.

Bom ano de concertos, que começaram com os 30 Seconds to Mars em Fevereiro (continuaram em Maio) e acabaram com a Diana Krall em Julho. Pelo meio, tivémos Rock in Rio, com os Metallica, Muse, Offspring e Linkin Park.

Infelizmente, devido à morte do T. e ao aborto que a R. teve,  o ano que passou nunca poderia ter sido positivo.

Para este ano, desejo que corra tudo bem com a gravidez da R. e que o nosso filhote chegue são e alegre a este nosso Mundo. Quanto à parte financeira e profissional, espero que os analistas estejam todos enganados e que a crise passe ao lado deste nosso Portugal. Saúde, Felicidade, Alegria e Amor é o que se quer, e MUITO! :D

Tudo de bom para vós!

- BL