Look at the time...

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Experimentámos o Lisboa Restaurant Week

E foi no Petra Rio, no parque das Nações, mesmo por detrás do Casino Lisboa. Apesar de ser num local que eu abomino, a R. quis fazer a surpresa de me levar a jantar fora. (Ah pois, que isto não é como antigamente em que só os homens é que se prestavam a esse serviço)

Para começar, a viagem foi uma SECAAA. Detesto Lisboa… carros por todo o lado, filas de transito até mais não, obras, polícia municipal.. blarch!!

Bom, chegámos com mais de meia-hora de atraso, mas sem stresses. A mesinha lá estava reservada para nós, já compostinha com uma velita acesa e tal.

home_1_00

A ementa lá nos foi apresentada e tínhamos duas opções para cada prato, tirando o “main course” que tinha 3 opções.

Ah, esqueci-me… não sei se sabem como é que esta coisa do Lisboa Restaurant Week funciona, mas basicamente, pagas (19€+1€) 20€ por refeição completa, isto é, entrada, prato principal e sobremesa (couvert’s e bebidas, ficam à parte.) Desses 20€, 1€ serve para uma instituição de acção social, neste caso, a Cais e a VAC.

Ok, continuando.

p003_1_01Como couvert, tínhamos Azeite+paté+pão, que apenas eu consumi pois a R. não gosta de paté. Logo a seguir vieram entregar-nos um shot de legumes, que era excelente (contém aipo, para quem não gosta é uma chatice, pois o sabor é forte).

De entradas, existiam duas opções, ou folhado de queijo chédar no forno com doce de figo e bouquet de alfaces, ou paté de salmão fumado com qq coisa que agora não me recordo, mas que metia alface e mais alguma coisa. Eu escolhi o primeiro, e a R. ficou pelo segundo. Ambos provámos das duas coisas, e as escolhas foram bem feitas. Eu achei o salmão a saber demasiado a “pexum” e a R. achou que o queijo era demasiado forte e o folhado não lhe conseguiu tirar o excesso.

Como pratos principais tínhamos três opções:

  • Peixe – Lombos de pregado à Portuguesa em cama de grelos e batatinha salteada
  • Carne – Folhado aberto de perdiz com cogumelos pleurotes e paris
  • (Opção) – Camarões tigre grelhados com risotto de … (qualquer coisa que não me recordo).

Destes, eu escolhi a opção (é mais cara 5€) e a R. escolheu o prato de peixe.

Bem, os camarões estavam muito bons, e o risotto então… ui, ui. Pode parecer pouco serem apenas dois, mas após terminar este prato já não me apetecia comer mais, estava a abarrotar. A R., ao princípio assustou-se porque a posta que lhe colocaram à frente eram só… ovas, que é uma coisa porreira para quem gosta, mas não era o caso. Já estava a R. a pensar que tinha que fazer o esforço, quando a empregada aparece e leva-lhe o prato para trás e pouco depois, aparece com outra posta, ainda a fumegar.

Tudo isto regado com uma bela sangria de champanhe e frutos vermelhos, que é divinal! Quando a empregada nos disse que era gigante, franzi o sobrolho, mas depressa se dissipou quando ela chegou com o jarro na mão. Brutal!

Como sobremesa, tínhamos mais duas opções

  • Sopa de chocolate com gelado de noz e amêndoa
  • Pudim com shot de especiarias

Eu fiquei com a primeira, e a R. com a segunda. Eu nem cheguei a acabar a sobremesa, que é de certa maneira… potente! A R. achou que o pudim era muito pequenino, mas nem chegou a dizer se o shot era bom ou não.

Enfim, cheguei ao fim da refeição completamente satisfeito. Foi um belo manjar, que recomendo vivamente.

De notar que todas os empregados do restaurante foram impecáveis, sempre preocupados em saber se estava tudo de acordo com esperado, que não estava, estava melhor!

lisboaRestaurantWeek2

Vão, experimentem!

- BL

1 comentário:

Palpitadeira disse...

Eu adoro experimentar restaurantes diferentes e quando a experiência é boa a noite ganha um encanto especial (por essas e por outras é que estou gorda como uma baleia :-P).
Já conheço a Lisboa Restaurant Weeek mas ainda não aproveitei a iniciativa :-s É uma excelente oportunidade para experimentar as iguarias de restaurantes de topo ou muito bons a um preço simpático. Ainda não vai ser desta que vou experimentar :-s